'Um Grito de Socorro' traz visão realista do bullying nas escolas


Jovem é maltratado por colegas de classe em filme holandês inédito no Brasil


Nesta madrugada (20) a Rede Globo exibiu o filme 'Um Grito de Socorro' no Supercine. Não tenho vergonha de falar que quase chorei (de verdade) assistindo, muito bom, e muito triste em saber que a história é real. O único erro da emissora, foi exibir esse filme tão tarde. Um filme que todos devem assistir, pensar e refletir!

Nas redes sociais, os telespectadores já fazem campanhas para que o filme seja exibido em horário nobre, e a hashtag #UmGritoDeSocorro liderou o primeiro lugar nos tópicos mundiais.


Um adolescente gordinho sofre muito com bullying nas mãos de um grupo de colegas de classe. Essa é a trama do drama “Um Grito de Socorro” (2013), filme inédito no Brasil que a Globo exibiu no Supercine na madrugada deste sábado, dia 19, para domingo.

Jochem (Stefan Collier) é um adolescente gordinho que sofre bullying nas mãos de Remco (Rick van Elk), Justin (Nils Verkooijen) e Sanne (Charlotte Bakker), um grupo de colegas da escola. O menino é sempre o último a ser escolhido na aula de educação física, mas não é só isso.


As provocações contra ele ficam cada vez mais intensas, e Jochem tem suas roupas roubadas do vestiário enquanto toma banho, apanha e é humilhado pelos colegas a todo momento.

Alguns amigos até tentam ajudar, mas a situação sai do controle quando o garoto é forçado a tomar bebida alcoólica em uma festa. No dia seguinte, o diretor da escola aparece na sala e diz que Jochem não voltou para casa. Sentindo-se culpado por não ter apoiado Jochem, David (Robin Boissevain), um colega de classe, resolve procurá-lo, sem imaginar que talvez seja tarde demais para ajudá-lo.


A ideia de contar a história de Jochem, foi idealizada pela escritora holandadesa Carry Slee. O sucesso entre os jovens se repetiu na adaptação da trama para as telonas. O filme levou milhares de espectadores aos cinemas da Holanda e colecionou prêmios por toda a Europa.

História do filme repercutiu bem entre jovens que o definiram como o melhor de 2013. O filme recebeu prêmios no Canadá, na Itália e até na Estônia, em premiações que, geralmente, jovens entre 12 e 14 anos decidem os indicados e os vencedores. Em 2014, o juri jovem do "European Film Awards" elegeu "Um Grito de Socorro" (2013) o melhor filme do ano.


E fica a dica do Agito Total... Se você conhece alguém da sua escola, rua de qualquer lugar que sofre com o bullying, não se cale, tenha voz, antes que seja tarde demais!
'Um Grito de Socorro' traz visão realista do bullying nas escolas 'Um Grito de Socorro' traz visão realista do bullying nas escolas Reviewed by Equipe Cultura VIP on 18:25 Rating: 5

Author Box